jusbrasil.com.br
19 de Novembro de 2018
    Adicione tópicos

    Lançado Fórum Permanente de Prevenção e Combate à Violência Sexual Praticada Contra Criança e Adolescente

    Aconteceu na sede do Ministério Público nesta terça-feira, 11, o ato de lançamento do Fórum Permanente de Prevenção e Combate à Violência Sexual Praticada Contra Criança e Adolescente. Dezenas de órgãos e entidades assinaram o termo de adesão e vão integrar o grupo, que tem como objetivo desenvolver atividades que promovam a prevenção da violência e a proteção integral da população infantojuvenil.

    O procurador-geral de Justiça, Marcelo Dornelles, ressaltou na sua manifestação a necessidade do aprimoramento no trabalho nesta área e de mobilização do ato de lançamento do Fórum. “O sistema de justiça, em alguns casos, tem dificuldades em abordar com este tema delicado, por isso precisamos buscar um diálogo interinstitucional e multidisciplinar para encontrarmos alguns consensos para avançarmos”, ponderou.

    Na sequência, a secretária de Justiça e Direitos Humanos do RS, Maria Helena Sartori, apontou que ações precisam envolver a sociedade buscando a redução nos índices de violência sexual contra crianças e adolescentes.

    PRESENÇAS

    Participaram do ato o deputado Jeferson Fernandes, representando a Assembleia Legislativa do Estado; o juiz-corregedor Fábio Vieira Heerdt, representando o TJ/RS; o defensor público-geral do Estado, Cristiano Vieira Heerdt; o presidente em exercício do TCE-RS, Iradir Pietroski; a subcorregedora-geral do Ministério Público, Noara Bernardy Lisboa; o subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Fabiano Dallazen; o vice-presidente da AMP/RS João Ricardo Tavares; o presidente da FMP/RS, David Medina da Silva; o procurador-geral do Município em exercício, Lieverson Luiz Perin; o secretário estadual da Educação, Luiz Antonio Alcoba de Freitas; a coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Infância, Juventude, Educação, Família e Sucessões, Maria Regina Fay de Azambuja; entre outros membros da Administração Superior e da Promotoria da Infância e Juventude de Porto Alegre.

    ASSINATURA

    Assinaram o termo de adesão ao Fórum Permanente de Prevenção e Combate à Violência Sexual Praticada Contra Criança e Adolescente os seguintes órgãos e entidades: Ministério Público, Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Defensoria Pública, Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Tribunal de Contas do Estado, Procuradoria-Geral do Estado, OAB/RS, Secretaria Estadual de Educação, Secretaria Municipal da Educação de Porto Alegre, Secretaria Municipal de Direitos Humanos de Porto Alegre, Smic, Iargs, Associação do Ministério Público, Fundação Escola Superior do Ministério Público, Conselho Estadual da Criança e Adolescente, Conselho Estadual de Assistência Social, Conselho Estadual de Educação, Fórum Estadual de Adolescentes e Jovens no Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência e a Exploração Sexual de Criança e Adolescente, Associação dos Conselheiros e ex-Conselheiros Tutelares do Estado, Associação dos Orientadores Educacionais, Associação de Psiquiatria do RS, Uncme-Rs, Undime, Movimento Pelo Fim da Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, Movimento pelos Direitos das Crianças e do Adolescente, Fundação de Proteção Especial, Faders, Sinepe/Rs, Sindicato de Professores, Ibdfam/Rs, Pastoral do Menor, Conselho Municipal de Educação, Conselho Municipal de Assistência Social, Conselheiros Tutelares de Porto Alegre, Comitê Municipal de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, Instituto Cuidar Jovem, Centro de Estudos Luís Guedes, Sociedade de Pediatria do RS, Conselho Regional de Psicologia do RS, Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Hospital Psiquiátrico São Pedro, entre outras entidades.











    Agência de Notícias
    imprensa@mprs.mp.br
    (51) 3295-1820

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)